sexta-feira, 1 de abril de 2011

EasyJet com 23% de quota de mercado na rota Lisboa - Funchal

“TAP perdeu em dois anos quase 95 mil passageiros“, este é o título da peça do Diário de Notícias da Madeira na qual é analisado o impacto da entrada, em 2008, da easyJet na rota Lisboa – Funchal.
Um estudo apresentado à ANAM conclui que:
- A tarifa média baixou 50% (de 144€ para 73€);
- A TAP baixou 20% a sua quota de mercado na rota (de 78% para 58%);
- A SATA Internacional ganhou mais 24 mil clientes por via de uma política comercial agressiva (e á custa de quem?)
- Em dois anos, a easyJet ganhou 23% de quota de mercado. Em 2010 transportou 195 mil passageiros e teve a melhor ocupação média da rota: 83%. A TAP registaram “load factors” de 64% e a SATA 71% respectivamente.
- Em 2010, a easyJet praticou uma tarifa média de 51 euros, enquanto a da TAP e SATA foi de 70 euros.
- Em 2007 o Estado pagava 20 milhões à TAP em compensações para os passageiros viajarem entre a Madeira e o continente. Em 2010, pagou 6 milhões. A poupança é considerada um bom número, resultante da estratégia de liberalização do espaço aéreo

in LowCostPortugal - www.lowcostportugal.net

Tem tudo a ver com a nossa realidade (Açores)!
O verdadeiro slogan da SATA - Somos uma low cost na Madeira á custa dos "endinheirados" dos Açorianos

Sem comentários:

Enviar um comentário